quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Café Branly - Café com arte e vista para a Tour Eiffel

Bem proximo à Tour Eiffel, fica o Musée du Quai Branly, inaugurado em 2006 com acervo especializado em artes provenientes da Asia, Africa e Oceania e que abriga um restaurante estrelado, o "Les Ombres". Isso muita gente sabe, mas o que nem todos sabem é que existe também um restaurante mais simples, denominado Café Branly, onde os petits são muito bem-vindos.

Como é comum nesse tipo de restaurante, o cardapio não oferece uma enorme variedade de pratos, mas tudo o que experimentamos em nossas incursões ao local estava saboroso e feito com capricho. O menu enfant, servido no horário de almoço, é farto (o prato na foto jà havia sido "garfado") e acompanha uma saladinha verde, além de suco e sorvete de sobremesa. Como o nome sugere, é possível ir ao Café Branly também para o café da manhã ou para o lanche da tarde. Ainda assim, o grande mérito do local, se comparado aos outros cafés situados nos arredores da Torre, é o conforto oferecido aos pais e a simpatia com que as crianças são recebidas.

O restaurante é claro e espaçoso, com mesas que acomodam bem a familia e cadeiras para bebês. Os carrinhos de bebê têm livre acesso, podendo ser deixados fechados logo à entrada ou mesmo estacionados junto às mesas (apenas na primeira vez em que fomos ao restaurante nos foi solicitado fechar o carrinho, mas o local estava realmente lotado e não chegamos a insistir porque o Otavio estava acordado e poderia sentar-se na cadeirinha). O mais interessante é que, mesmo com tantas facilidades para as crianças, o local é até mesmo silencioso e o ambiente, tranquilo e mais "adulto", não lembra os tipicos restaurantes "kids friendly". Além disso, as mesas situadas na varanda ou nas laterais podem avistar a Tour Eiffel, o que é sempre um charme a mais. O único "porém" é a falta de trocador de fraldas no banheiro, mas devido ao espaço é possivel entrar com o carrinho e fazer a troca nele mesmo.

Boa opção em dia de visita à Torre, ao Champ de Mars e até mesmo ao Museu Branly. Além de algumas mostras temporarias mais apropriadas para o pùblico infantil (conforme o calendàrio), o acervo permanente merece uma visita e agradou em cheio o meu pequeno.

5 comentários:

Cláudia disse...

Conheci o blog ontem, estou amando as dicas! Vou pra Paris em maio, com meu marido e meu filho de 3 anos. Jà conheço a cidade, mas será a primeira vez deles.
Fiz reserva no Novotel Tour Eiffel, não achei vaga nos outros. Não vi nenhum comentário a respeito de ele ser kids friendly. Vocês conhecem?
Obrigada

disse...

Oi Claudia! Seja bem-vinda! Já vi reviews do Novotel de Montparnasse e dos Les Halles (veja na nossa página Hoteis), imagino que o esquema seja parecido em todos os Novotel por ser um hotel de rede. Boa viagem!

Anônimo disse...

Bom dia! Também estarei em Paris em maio com meu marido, meu filho de 2 anos e meus pais. Para ter acesso ao Café é necessário visitar o museu?

Andrea Moraes disse...

Olá! O acesso ao café é independente da visita ao museu, pois ele fica na área externa que, a propósito, é muito agradável.

Cláudia disse...

Muito obrigada, Dé. Até a data da minha viagem vou tirar mais dúvidas...
Cláudia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...