sexta-feira, 31 de maio de 2013

Comida pronta de bebê na França

Fonte da foto aqui
Quando se viaja com crianças, sobretudo pequenas, uma das maiores preocupações é a alimentação, não é verdade? Sera' que meu filho vai se adaptar à comida local? Sera' que vou encontrar o mesmo tipo de comida que meu filho esta' acostumado a comer?

Sou dessas viajantes que acham que a gastronomia local é tão importante quanto os pontos turisticos a visitar. Adoro experimentar os pratos tipicos e sempre incentivo os meus filhos a experimentarem também. Mas quando eles são bebês é verdade que fica um pouco mais complicado. Mas a boa noticia é que existem bebês em qualquer lugar do mundo e seu bebê podera' ter uma alimentação equilibrada mesmo durante a viagem. :) Os garçons franceses não são conhecidos por sua simpatia mas nunca tive problemas ao pedir para esquentar uma papinha.

Então vou citar algumas sugestões para alimentar o seu bebê quando vier passear aqui na França, sem que você precise passar suas férias na cozinha, lembrando que é sempre mais facil ficar em um apartamento ou apart-hotel com cozinha quando se viaja com crianças para poder fazer algumas refeições "em casa".

1) Papinhas prontas

Assim como no Brasil, aqui na França existe uma infinidade de tipos de papinhas prontas de varias marcas: Blédina, BabyBio, Hipp, Nestlé. Tem papinhas doces e salgadas, para varias idades, para o almoço, para o jantar etc. Além dos tradicionais vidrinhos também encontra-se papinhas em pratos, que é a mesma coisa mas numa embalagem diferente. E' possivel encontrar essas papinhas em qualquer supermercado, na seção de comidas de bebê. O supermercado Monoprix tem uma grande variedade de comidas prontas, leites e cereais de bebê. Recentemente a marca Blédina lançou a versão fresca das papinhas, sem conservantes, que ficam na geladeira. Além das papinhas, nessas seções de comida de bebê você também encontra cereais, leites em po', leites em garrafa, sucos e iogurtes nos mais variados sabores. A minha cunhada achou graça quando viu cereal sabor chocolate, biscoito e brioche!

Quanto aos leites existem diversas marcas de leite em po'. Para bebês dos 10 meses aos 3 anos o leite é chamado "lait de croissance" e existe a versão em po' e também de garrafinha, que muitos bebês (inclusive os 2 aqui em casa) aceitam muito melhor do que o leite em po'.

Atenção: as farmacias costumam vender algumas marcas de leite em po' porém não vendem papinhas, como as farmacias brasileiras.

Prateleira das comidas de bebê no Monoprix

2) Picard

A Picard é uma rede de lojas de congelados super conhecida por aqui pela qualidade dos seus produtos. Você encontra de tudo la': entradas, sanduiches, sorvetes, pratos, legumes cortados e pre-cozidos, carnes, sobremesas, temperos. Tudo mesmo. E o melhor de tudo: não é caro. Se meu marido não fosse mestre-cuca eu viveria facil de Picard. :) A Picard tem uma linha de pratos congelados para bebês chamada "Mes premiers repas" (Minhas primeiras refeições) com diversas opções de refeições para varias idades, com ou sem carne, com ingredientes fresquinhos. Por ser congelado, é menos pratico para levar em restaurantes (a não ser que você descongele antes e peça para o garçom esquentar), mas é uma boa opção para uma refeição no hotel. Você encontrara' as lojas Picard em varios lugares em Paris.

Comida de bebê na rede de lojas Picard

3) Les Portions Magiques (As porções magicas)

Infelizmente descobri esse serviço um pouco tarde, somente depois que a minha filha menor começou a comer como "gente grande". E' uma micro-empresa de uma mamãe-cozinheira, moradora de uma cidade proxima de Paris, que prepara ela mesma papinhas doces e salgadas apenas com produtos organicos. Nunca provei mas ja' li varias boas opiniões sobre a qualidade das papinhas e parece muito bom! Para quem vem passar alguns dias em Paris, pode ser uma boa opção encomendar as papinhas para almoço e jantar e guardar na geladeira do hotel. Quem testar esse serviço, venha aqui me contar depois se gostou!



Claro que se você preferir fazer as papinhas do bebê, na França você encontra praticamente tudo o que encontra no Brasil, com exceção de feijão, mandioquinha, couve, chuchu, que são mais dificeis de encontrar.

Bon appétit!


Essas e muitas outras dicas de compras você encontra no Guia de Paris com crianças, que escrevi em parceria com Conexão Paris, disponível em versão PDF ou papel. Ideal para quem viaja com crianças ou mesmo para quem deseja saber onde ficam as melhores lojas de brinquedos, decoração ou roupas infantis para levar de presente. 



27 comentários:

*Cacau Zahal* disse...

Adorei o post... Vamos voltar a Paris e estaremos com um baby e a alimentação era algo que estava me preocupando... Adorei todas as dicas...

*Cacau Zahal* disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Equipe do Minha Filha Vai Casar disse...

Excelentes dicas! Vou para Paris esse mês e já estava procurando sugestões de papinhas. Obrigada! Bjs! Ju

Luciana Bordallo Misura disse...

Otimo! Eu tenho um post nos meus rascunhos com as papinhas americanas, tenho fotos das papinhas no mercado que nem voce fez, haha! Tenho que publicar!

Virgínia disse...

Adorei o post, vou a Paris no proximo mês e será a primeira viagem internacional que levaremos nossa filhota.
A insegurança é tanta....que as vezes tenho vontade de desistir da viagem, rsrsr.
Mas agora quanto à alimentção estou mais tranquila. E fraldas descartaveis? Sabe me indicar alguma?
Beijos

disse...

Oi Virginia, em qualquer lugar vc acha fraldas Pampers. E fica tranquila que vai dar tudo certo! E' so' se organizar bem e relaxar! Beijao e boa viagem,

Maria Izabel Dambiski Pereira Reque disse...

Boa noite
adorei encontrar seu blog, quando a conversa é de "mae para mae" a gente se sente mais segura e a vontade!
entao eu tenho uma filha de 3 anos e meio, criada no natural, sem sucos prontos, sem comidas de lanchonete (fora a batatinha frita claro) e eu queria saber de voce se pode me indicar algum restaurante com comida mais basica e tambem aonde eu posso encontrar sucos sem açucar porque ela só toma suco de maça feito em casa...
muito obrigada
Izabel

disse...

Ola Izabel, a comida aqui é bem diferente da comida do Brasil. O mais basico que vc vai encontrar é carne acompanhado de legumes, por exemplo. Em alguns restaurante de rede como o Chez Clément e o Hippopotamus vc tem muitas opçoes de acompanhamento de legumes: http://parisdespetits.blogspot.fr/2013/05/restaurantes-de-rede-uma-boa-opcao-para.html . Quanto à suco de fruta natural é super dificil encontrar nos restaurantes daqui, em geral eles vendem sucos prontos, daqueles bem açucarados. O unico lugar que conheço que vende suco natural (nao sei se vende de maça) é num restaurante de rede que se chama Paradis du Fruit (veja no Google os endereços). Mas olha, Izabel, numa viagem ao exterior onde a comida é diferente da nossa, eu sugiro vc relaxar um pouco na alimentação da pequena senão vcs vão se estressar e não vão aproveitar! Se ela estranhar e nao comer muito no inicio é normal também, muitos pais passam por isso mas depois eles acabam aceitando. Relaxa na comida do restaurante e se possivel tente fazer uma comidinha mais proximo do que ela esta' acostumada na hora do jantar. Boa viagem!

Maria Izabel Dambiski Pereira Reque disse...

Muito obrigada pela sua resposta, e voce tem razao, eu já estou me preocupando desde já, se eu continuar assim nao vou aproveitar mesmo o passeio!! Vou pesquisar o restaurante que voce indicou. Um abraço a voce e sua familia!!

Erika disse...

Oi Dé,
adorei seu blog, sou assídua nas postagens. Vou com minha família a Paris em Nov e gostaria de saber se nos supermercados existe leite de soja em pó, pois minha filha de 2,5 anos só toma esse tipo. Agradeço.

disse...

Erika, leite de soja liquido é facil encontrar em qualquer supermercado mas em po' eu nunca vi. Fiz uma pesquisa rapida no Google e vi que existe um da marca Gallia. Desconfio que seja dificil de encontrar, vc pode tentar nos supermercados maiores como Monoprix, em farmacias ou em lojas de produtos organicos como Naturalia. O que eu sugiro é vc trazer uma lata do Brasil e na volta sobra espaço para trazer comprinhas. :) Assim é uma preocupação a menos. Beijos e boa viagem!

Natália disse...

Oi Dé!
Estou amando o seu blog!! Vou pra Paris no final de setembro com meu filho de 3 anos, e minha filha de 1 ano e 8 meses!! Estou lendo o blog inteiro, e está sendo super útil!!
Muito obrigada!
Beijos,
Natália

Fernanda Leitão disse...

Achei seu blog agora a pouco e estou adorando as dicas, você sabe me dizer o nome do leite ai equivalente ao nosso leite ninho? A única que tenho um pouco de medo é reação alérgica, caso a composição tenha algo que não tem por aqui. Obrigada por compartilhas essas ótimas dicas.

disse...

Fernanda, eu não conheço nenhum leite equivalente ao leite ninho. O leite que as crianças de 10 meses a 3 anos tomam é chamado "lait de croissance", tem versao em po' e liquido. A composição usual é descrita nesta tabela aqui (100ml): http://www.doctissimo.fr/html/grossesse/bebe/nourrir/articles/13103-lait-de-croissance-lait-entier-bebe.htm

Na 2° coluna é o leite integral e na 3° coluna o "lait de croissance".

Se teu bebê toma leite em po' sugiro vc trazer uma lata inteira fechada na mala, assim vc viaja tranquila e ele nao estranha o leite.

Boa viagem!

Fernanda Leitão disse...

Obrigada pela dica, ajudou bastante! Até lá ela terá 1 ano e 4 meses, espero que ela aceite bem o leite francês!

Anônimo disse...

Você sabe se podemos levar comidinhas congeladas aqui do Brasil no avião? Obrigada!

disse...

Que eu saiba as comidas permitidas em cabine sao somente para uso durante a viagem... dê uma olhada nas regras do site da cia aerea.

Leonora Nogueira disse...

Olá querida! Quanta informação boa em seu site hein! Muito úteis e bacanas. Parabéns!
Estou indo para Paris semana que vem com meu marido, filho de 1 ano e 9 meses e babá. Alugamos um apto em Saint Germain e acredito que não vou ter dificuldades com a comida dele. Pretendo fazer pelo menos uma refeição mais completa para ele em casa, no almoço ou no jantar e dar papinhas quando necessário. Sobre o leite é que tenho dúvidas. Andei pesquisando no site do Monoprix e vi que não existe Aptamil, apesar de ser da Danone. Você sabe me dizer qual é o melhor leite para crianças disponível na França? O mais completo e o mais vendido? Assim não precisaria de levar latas enormes de leite na mala. Obrigada desde já. Um abraço.

disse...

Ola Leonora, não sei te dizer qual o melhor leite da França para bebês nem a marca mais vendida mas os mais conhecidos são Gallia, Hipp, Candia, Blédinat. Em qualquer supermercado vc acha. Na idade do teu filho o melhor é o "lait de croissance" um leite especial para crianças entre 10 meses e 3 anos. Eu comprava sempre o de garrafinha da Bledina ou Candia, o sabor é meio adocicado, diferente dos leites que encontramos aqui. As crianças gostavam. Os meus nunca gostaram de leite em pó mas se o teu filho está acostumado talvez o gosto seja proximo. Tente ver no site dos fabricantes a composição do leite que mais se aproxima do leite que vc dá. Ou então se vc for passar poucos dias o melhor mesmo é levar o leite na mala, assim vc não tem dor de cabeça, e de quebra ainda libera lugar para comprinhas na volta!

Beijos e boa viagem!

Leonora Nogueira disse...

Arrasou querida! Muitíssimo obrigada. Você não sabe como tem me ajudado com suas dicas. Grande beijo.

Izadora Matos disse...

Oi, Dé! Tudo bem?
Irei para Paris no mês de agosto com meu marido e meu filho de 2 anos. Tô me sentindo super insegura com relação à alimentação do meu filho, pois ele tem alergia á proteína do leite da vaca. Vc tem alguma dica com relação à isso? :)

disse...

Izadora, não sei muito bem quais são as restrições do seu filho. Os pratos mais comuns dos restaurantes não costumam vir queijos (a não ser pratos como fondue, raclette, etc.). Tem muita carne, peixe, legumes. Mas muita coisa é feita na manteiga, não sei se isso pode ser problema para um alergico. No pior dos casos, cozinhe no hotel e leve uma marmita para o seu filho para a hora do almoço e jante no hotel. O ideal é vcs ficarem em um apart-hotel ou apartamento alugado. A loja de congelados Picard é otima e pode ser bem pratica para quem viaja.

Jacqueline Farnese disse...

Oi Dé, tudo bem? Vamos para Paris na próxima semana, tenho uma dúvida, como falo cadeirinha de refeição para criança (dessas de restaurante) e trocador em francês?
Abraços, Jacqueline

disse...

Olá Jacqueline,

cadeirão = chaise haute (pronuncia-se "chéze ôt")

trocador, ou mais usual, espaço para trocador = espace de change (pronuncia-se do mesmo jeito que lê)

Mas atenção, são raros os restaurantes com cadeirão e mais raros ainda os com trocador. O mais fácil é trocar o bebê no proprio carrinho.

Boa viagem! Depois venha contar como foi!

panelaartedeser mae disse...

Ola me chamo nicole e to abrindo um pequeno negocio de vendas de papinhas so que to muito insegura com relacao qual embalagem usar,me ajude preciso de dicas,eu agradeco

leticiapolato disse...

Olá! Onde encontro as Les Portions Magiques?

Aline disse...

Adelia, boa noite (aqui no RJ).
Estou vendo seu blog agora pois em dois meses estarei em Paris com meu filho de 1a e 8m.
Será que poderia me ajudar no que estou mais insegura?
Vale a pena levar fralda, leite em pó daqui?
Penso em levar alguma fralda, mas não para o total de dias...compraria por aí. Leite, talvez seja melhor tudo o que ele já está acostumado né? Se não corre o risco de ele não gostar.
Vi seu post de papinha...é outra mega insegurança. Vou levar um pouco daqui, mas não queria encher mala. Vi suas dicas, mas será que vai ser fácil eu identificar os componentes?
Vc indica belisquetes, iogurtes, biscoitos, bebidas de caixa mais saudáveis?

Antes vou a Roma, mas acho que lá deve ser o mesmo estilo, né?

Bom, enfim, é aquela tensão de primeira vez viajando pra fora com um bebê.
Consegue me ajudar?
Bjo grande.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...