sábado, 5 de janeiro de 2013

Natal na Alsacia com crianças - parte I

Antes de tudo: feliz ano novo para todos! Aqui na França é costume desejar bonne année durante todo o mês de janeiro, então ainda estou em tempo. :)

Também gostaria de me desculpar pelo sumiço total deste ultimo mês, mas a vida offline tem andado bem corrida, tanto para mim quanto para a Mari, e pelo visto as coisas não vão se acalmar tão cedo. Mas não desistam da gente. Temos um monte de coisas para escrever aqui e tentaremos arrumar um tempinho para nos dedicarmos ao bloguinho.

Antes de voltar a postar sobre Paris, eu preciso contar para vocês sobre a minha viagem à Alsacia, região leste da França. Ainda estou para conhecer um lugar que festeje o Natal de forma tão bonita quanto na Alsacia. Eu ja' tinha ido a Strasbourg durante o outono, vi a cidade ainda com flores, mas sempre tive vontade de visitar a cidade durante o Natal para conhecer a feirinha de Natal mais famosa da França. E tenho que dizer que a viagem surpreendeu e foi muito melhor do que eu esperava.

Catedral de Strasbourg
Historia das feirinhas de Natal

Antes de falar sobre a viagem em si e as minhas impressões, vale a pena saber mais sobre a historia das feirinhas de Natal, ou marché de Noël, em francês. Elas existiam na região da Alsacia e na Alemanha desde a idade média, eram chamadas marchés de Saint-Nicolas e eram destinadas sobretudo à distribuição de presente para as crianças no dia de Saint-Nicolas. Em 1570 o conselho municipal da cidade decidiu manter o mesmo principio da feirinha mas com objetivo de celebrar o nascimento de Jesus. A feirinha vende hoje praticamente as mesmas coisas que vendiam séculos atras: decoração de Natal, vinho quente, artesanato local, produtos da região, pinheiros de Natal.

A origem da arvore de Natal

O tradicional pinheirinho de Natal também tem origem nessa região na mesma época. Na idade média as igrejas faziam representações das historias da Biblia, entre elas, a historia da criação e um pinheiro coberto de maçãs representava a arvore do paraiso. Em 1521 foi autorizado o corte e venda de pinheiros de Natal em Selestat, na Alsacia, e o costume se expandiu rapidamente pelas outras cidades européias. Inicialmente os pinheiros eram enfeitados com maçãs e depois com biscoitos feitos especialmente no Natal.

Diz a lenda que por volta de 1870 as maçãs estavam em falta por conta de uma seca, então alguns vidraceiros fizeram bolas de vidro e assim surgiram as bolinhas de Natal que enfeitam as nossas arvores hoje.

(fonte da historinha aqui, no site do Marché de Noël de Strasbourg)

E agora, a viagem!

Eu imaginava que Strasbourg (perdoem-me, mas não consigo falar Estrasburgo, é feio demais) tinha uma grande feira de Natal com milhões de barraquinhas sendo disputadas por uma horda de turistas. Mas foi bem diferente disso. Strasbourg tem 12 pequenas feiras de Natal espalhadas principalmente pelo centro da cidade, sendo que algumas especificas dos produtores da região, artesanato, etc. Na sua grande maioria os produtos são de boa qualidade, tipicos da região e em nada lembra as feirinhas de Natal parisienses com seus produtos chineses e qualidade duvidosa. Muita gente visita a região nessa época, mas como as feirinhas são espalhadas pela cidade e em varios vilarejos diferentes, acho que as pessoas se espalham também e dava para passear tranquilamente, com carrinho de bebê e tudo. Bem diferente do empurra-empurra da feirinha da Champs-Elysées.

Feirinhas de Natal: na primeira foto em Strasbourg e nas outras em Colmar

As guloseimas são um espetaculo à parte: marrons (castanhas portuguesas), vinho quente, suco de laranja quente com mel (não provei mas deve ser bom pra gripe!), chocolate quente (o verdadeiro chocolate derretido e não leite com chocolate em po), pain d'épices, pão de mel, infinitas variedades de biscoitos, fois gras, vinhos, bretzels, mostardas, quejos (principalmente o Munster, tipico da região), nougats (espécie de torrone mas mais molinho), geleias artesanais, pratos tipicos da região, salames e por ai' vai.




Fiquei absolutamente encantada com as barraquinhas de enfeites de arvore de Natal. Olha que nem sou tão chegada em fofurices e a minha arvore de Natal é sempre simplezinha mas tinha tanto enfeite lindo que foi impossivel resistir. Em diversas barraquinhas e muitas lojas também tinham objetos dos mais variados de decoração para o Natal: toalhas de mesa, paninhos, calendarios do Advento de todos os tipos, bibelôs de porcelanda, roupas de Papai Noel e tudo o mais que você possa imaginar para decorar a casa para o Natal. Se você é desses que adora decorar a casa para o Natal, a Alsacia é o lugar perfeito para comprar os enfeites mais bonitos.



As crianças também se divertem, é claro! Tanto em Strasbourg quanto em Colmar tinham atrações para os pequenos. Em Strasbourg tinha a Village des Enfants com brinquedoteca, atividades ludicas e espetaculos. Em Colmar, uma das feirinhas espalhadas pela cidade era especial das crianças, onde tinham varias barraquinhas com brinquedos além de atrações como mini-barco-vicking de Papai Noel, mini-fazendinha com carneiros e coelhos, presépio e mini-roda-gigante. Fomos depois do Natal então o Papai Noel ja' tinha ido embora, mas com certeza deviam ter varios Papais Noeis pela cidade até o dia 24.



E o ponto forte: a decoração de Natal por todos os lados. Visitamos 4 cidades da região (Strasbourg, Colmar, Riquewihr e Kaysersberg) e todas elas estavam lindamente decoradas. Não apenas com arvore de Natal e enfeites nas ruas, mas praticamente todas as casas e lojas são decoradas! Uma janela mais linda que a outra. Fofurices por todos os lados. É de se admirar o capricho do povo alsaciano! A noite a decoração se destaca ainda mais com todas as luzes e guirlandas luminosas. É dificil registrar em imagens a beleza de toda a decoração, mas espero que essa pequena amostra dê para dar uma idéia para vocês:

Pontes do bairro Petite France, em Strasbourg (a capital do Natal)

Iluminação em Strasbourg

Janelas decoradas em casas e comercios

Para quem estiver a passeio pela França em dezembro, eu sugiro fortemente um passeio na Alsacia. Não um bate-volta porque não da' para conhecer muita coisa... fique pelo menos uns 3 dias para conhecer também as cidadezinhas da região. Falarei delas no proximo post!

Natal em Strasbourg
Natal na Alsacia
Quando: fim de novembro até dia 31 de dezembro, olhar os calendarios nos sites para saber as datas exatas

Leia também:
Viagem à Alsacia - parte 2 (cidades da região)
Viagem à Alsacia - parte 3 (museus do trem e do carro, em Mulhouse)
Parque do Pequeno Príncipe na Alsácia

4 comentários:

Helô Righetto disse...

que lindo Dé!

Rosa Paula disse...

Que bom que voltou!Você sempre com dicas interessantes! Fiquei louca para conhecer!
Feliz 2013!
Rosa
www.lepaquet.blogspot.com

Helena disse...

Que coisa mais linda! E a sua descrição das comidinhas dos marchés me abriu o apetite. Já está na minha lista de "to do", junto com a fête de lumières de Lyon. Eu fui a Strasbourg em meados de janeiro de 2009, mas já não tinha mais nada :/

Natalia Itabayana disse...

Amo os natais aqui e as feirinhas. Adorei aprender sobre a origem das tradições natalinas, vou procurar maçãzinhas pra decorar meu pinheiro!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...