quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Copenhagen com crianças

Sem saber muito o que ia encontrar (o principal objetivo foi encontrar a vovo' das crianças que estava passeando pela Escandinavia'), la' fomos nós com um petit de 3 anos e um petite de 7 meses passar 3 dias em Copenhagen, que fica a apenas 2h de avião de Paris. Copenhagen é uma das capitais européias mais kids friendly que ja' fui, adoramos o passeio e ficamos com gostinho de quero mais, ja' que muita coisa ficou de fora. Com 2 pequenos o ritmo do passeio precisa ser bem mais tranquilo e acabou que 3 dias (sendo que praticamente 1 dia inteiro perdido em locomoção, check-in no hotel e burocracias) foi pouco para essa cidade.

Vem comigo?

Transporte
E' facil andar de transporte publico na cidade. Tem metrô, trem, ônibus. Todas as estações tinham escada rolante ou elevador para carrinhos de bebê. A cidade é plana e os dinamarqueses usam bastante a bicicleta. Se não fosse pela bebê e pelo grupo em que estavamos, eu teria alugado uma bicicleta para explorar a cidade. Não cheguei a pesquisar mas com certeza devem ter lojas de aluguel de bicicleta.

Carrinhos de bebê
Chamou a minha atenção os carrinhos de bebê que os dinamarqueses carregam: todos enormes, daqueles que parecem mais tanques de guerra de tão grandes. Eu particularmente não curto. Acho pesados, dificeis de manobrar. Mas sei la', vai ver que eles são melhores para usar na neve. :)

E falando em carrinho, essa foi a primeira vez que aluguei um carrinho de bebê ao invés de levar o nosso, e adorei a experiência, como ja' contei neste post aqui. Aluguei o carrinho no site Muu, loja que achei no site da baby'tems. A Christine, dona da loja, foi extremamente atenciosa. Recomendo.

Comidas
Os dinamarqueses tem o habito de comer sanduiches na hora do almoço e uma boa pedida é o café Joe & Juice, presente em varios locais da cidade. Os sanduiches são gostosos e os sucos mais ainda, com misturas inusitadas e feitos na hora. Talvez o sanduiche não agrade os pequenos, mas o suco fresquinho é uma excelente idéia para acompanhar um lanchinho de manhã ou à tarde.

Seguindo a dica da Carolina Nogueira que foi para Copenhagen com seus gêmeos, fomos num dos restaurantes da rede Jensen's Bofhus, que é super-mega-blaster child friendly. Balão, menu especial com varias opções interessantes para os pequenos com porções apropriadas e sorvete à vontade, livrinho de atividades e lapis de cor colorido. E o obvio: cadeirão para os pequenos, ou melhor, uma cadeira que acopla na cadeira grande, que achei bem interessante e menos trambolho. Para os adultos a comida é bem gostosa também. Gostei muito do buffet de saladas, os champignons frescos estavam divinos.

Rede de restaurante child friendly Jensen's Bofhus
Uma das coisas que descobri na viagem é que o que conhecemos como Nha' Benta da Kopenhagen é originario da Dinamarca. Sera' que é por isso que Kopenhagen se chama assim? Não tenho a menor idéia! Se alguém souber me conta. O fato é que o Nha' Benta que comemos em Copenhagen com C é infinitamente melhor que o Nha' Benta da Kopenhagen com K. :) Meu unico arrependimento foi não ter comprado mais. Provamos os sabores: classico, chocolate branco, café e côco. O Nha' Benta dinamarquês atende pelo nome de Flødeboller!

O verdadeiro Nha' Benta se chama Flødeboller e é muito melhor!

Ah sim, os pães dinamarqueses são deliciosos, sobretudo o pão preto!

Passeios
Ficamos na cidade por apenas 2 dias inteiros, ja' descontando o tempo gasto com viagens e locomoção. Dois dias é pouco e um muita coisa legal ficou de fora, como o museu do barco Vicking, o Experimentarium, Louisiana Museum, o Museu das Crianças no National Museum, Museu dos Objetos além de varias outras atrações interessante para as crianças. Tinhamos planejado ir na Legolandia, mas nos disseram que o melhor jeito para chegar la' era alugar um carro. Então desistimos de ir,  ja' que o nosso tempo era curto para curtir a cidade.

Mas fizemos varios passeios legais, que o petit curtiu bastante. Fomos no palacio real,  riquissimo em detalhes e obras de arte. Vimos as joias da coroa. O jardim do castelo parecia ser lindissimo mas pegamos uma chuva com tanta ventania que foi impossivel passear por ele.

Castelo, jardins e joias da Coroa
Fizemos a visita obrigatoria à Pequena Sereia e de la' fizemos um passeio de barco nos canais da cidade. Algumas pontes eram tão baixas que tinhamos que nos abaixar na cadeira para passar, olha o perigo! Mas claro que petit se divertiu horrores a cada vez que tinha que abaixar para passar debaixo da ponte, era uma festa! O nosso barco era aberto mas também vi uns barcos fechados, que acho que são uma melhor alternativa em caso de tempo ruim e com vento.

Abaixa a cabeça!!!

Visitamos a torre Rundetårn (Torre Redonda), a unica torre na Europa com subida em forma de rampa. A criançada curte, sobretudo sair correndo na descida para desespero dos pais. La' de cima da' para ver toda a cidade. Outro passeio obrigatorio é na rua Strøget, uma das ruas de pedestre mais longas da Europa e uma das mais antigas.

Clima
Como se sabe, a Dinamarca é um pais bem frio. E bota frio nisso. Fomos no fim do verão e pegamos um friozinho consideravel, com temperaturas entre 10° e 15°. Mas o que mata é o vento. Não sei dizer se é assim sempre, mas ventava muito quando fomos e chuviscava praticamente o tempo inteiro. Me lembrou bastante o clima de fim de verão da Noruega: chovia, abria sol, chovia, abria sol, umas 50 vezes por dia. No inverno obvio que um excelente agasalho de frio é fundamental. Em outras épocas, inclusive no verão, é bom levar uma boa capa de chuva, de preferência bem quentinha, para proteger do vento frio. Com tanto vento, o guarda-chuva não resolve muito.

Tivoli
O Tivoli merece um topico à parte. Sempre achei que o Tivoli fosse apenas um parque de diversões, mas é muito mais que isso. O Tivoli foi inaugurado em 1843 na época que Dinamarca era uma monarquia e Copenhagen uma cidade fortificada. O objetivo do rei ao criar o parque de atrações era: "quando o povo se diverte, ele não pense em politica".  E pelo visto funcionou porque imediatamente o parque fez sucesso.

O Tivoli fica bem no centro de Copenhagen, em frente à estação central de trem. Além de atrações de um parque de diversões, o Tivoli também tem inumeros restaurantes, lojas e jardins. Vimos 2 palcos, num deles vimos uma pantomima e no outro vimos musicos classicos e em outro momento alguns malabaristas.

Montanha-russa, elevador (esse eu não tive coragem de ir!), rua de lojas e escada de soldado

Tem brinquedos para todas as idades, desde os pequenos a partir de 2 anos e pouco, até os maiores. Fui na montanha-russa e adorei! Um dos brinquedos que o petit mais gostou foi um brinquedo de percurso e escaladas. Era uma baleia, como se estivesse saindo da agua e empurrando para cima o barco que estava em cima dela. O barco era bem inclinado e as crianças podiam percorrer o barco e a baleia, escalando as coisas.

A entrada do Tivoli é paga mas é bem baratinho. Todas as atrações são a parte e para quem vai em muitos brinquedos vale a pena comprar o equivalente ao "passaporte da alegria". Para um dia inteiro de diversões acho que vale a pena.

Outra dica: se possivel va' durante a semana porque no final de semana é muito cheio.

Entrada do Tivoli, dinamarquesinhos, teatro, barco-pirata-restaurante e restaurante oriental iluminado

Os dinamarqueses lotam o parque durante o final de semana e à noite. Como o parque tem restaurantes de todos os tipos que você puder imaginar e é super central, ele é o lugar perfeito para um jantar entre amigos ou em familia.

Passamos a tarde inteira no parque e decidimos jantar por la'. Para a alegria do pequeno, escolhemos um restaurante tematico de barco de pirata. O restaurante ficava num barco de pirata, ancorado no lago e desde o menu até a decoração era baseada em piratas. Achei o maximo o bau' de tesouro cheio de roupas de pirata para a criançada se fantasiar enquanto almoça ou janta. A criançada fica doida: todos vestidos de pirata, com espadas, chapéus. A comida era correta, mas nada demais. O que vale mesmo é o ambiente.

Não deixe de ir no Tivoli a noite também porque a iluminação é linda!

Ah sim, do lado do Tivoli (se não me engano tem acesso por dentro e por fora do parque) tem o Hard Rock Café.

Compras
A Lego é dinamarquesa e não da' para deixar de ir na linda loja da Lego na Vimmelskaftet, 37, no centro, uma das ruas de pedestre principais da cidade. A loja é linda, tem varias coisas feitas em Lego, tem Lego à disposição para brincar e além de todos os Legos possiveis e imaginaveis, vende peça de Lego à la carte!

Loja da Lego e à direita peças de Lego à la carte

Na saida do Tivoli (com acesso por fora também) tem uma loja Build-a-Bear, onde você escolhe um bicho de pelucia, o enchimento, roupas e acessorios.

Copenhagen Card
Valeu super a pena comprar o Copenhagen Card. Compramos o cartão de 72h e durante toda a nossa estadia tivemos transporte ilimitado e pudemos entrar em todos os pontos turisticos sem exceção, inclusive no Tivoli (menos nos brinquedos). Além do cartão de 72h também tem o de 24h.

Não curti
Num lugar tão child friendly como Copenhagen, fiquei assustada com a falta de prioridade às mães com bebê de colo no aeroporto. Nota zero. Mas relevando este ponto, a viagem valeu a pena e o destino foi aprovadissimo para os petits de todas as idades. De preferência no verão com temperaturas amenas e para poder curtir as atrações ao ar livre.


A pequena Sereia e as casas coloridas do canal Nyhavn, 2 cartões-postais da cidade

3 comentários:

Boia Paulista disse...

Oi, Dé. Tudo bem? :)

Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.

Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

Até mais,
Natalie - Boia Paulista

Dhenise Galvão disse...

Opa, estamos planejando essa viagem (Paris e Copenhagen) com um bebê de 3 meses e meio e um menino de quase 3. Estou pesquisando dicas de hotel, em qual vc se hospedou??

disse...

Oi Dhenise, fiquei no Ascot Apartments: http://www.ascot-hotel.com/apartment-hotel/apartment-copenhagen.aspx

A localização é perfeita, a 10 minutos a pé da central station e quase na frente da entrada principal do Tivoli. Sao apartamentos entao da' para fazer as refeicoes no hotel se quiser.

O preço é um pouco acima do meu orçamento mas foi a sogra quem pagou uma parte. :)

A unica coisa que nao gostei é que eles alugam os berços por um preço absurdo. Nao lembro agora exatamente o preço, mas lembro que saiu super caro os 2 berços por 3 dias. Aqui na França eles nao costumam cobrar pelo berço no quarto, ou quando cobram, é coisa de 5€.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...