sexta-feira, 8 de junho de 2012

Procurando babás e baby-sitters

Então aqui vai a dica, para quem se interessar sobre informações sobre babás/baby-sitters na França (não, isto não é um post pago, mas bem que poderia ser!). 


Aqui na França, existem varios sites de anuncios de babás e baby-sitters por ai', mas o melhor na minha opinião, é este site aqui. La' você encontra baby-sitters, babás, au pair, familias que procuram outras familias para dividir babá, familias que procuram babás. O site é bem feitinho, facil de usar e é possivel fazer a busca por cidade. A desvantagem é que o serviço é pago (pelo menos é baratinho), mas vale a pena, porque é o site de classificados mais usado pelas familias e babás por aqui.

Eu ja' usei o site varias vezes e sempre achei o que precisava. Assim como qualquer site de anuncios, você pode procurar os anuncios de gente procurando emprego, mas você também pode colocar um anuncio com o tipo de profissional que você procura. Assim as pessoas cadastradas no site, que procuram serviço na sua região, recebem um alerta por email do seu anuncio.

E olha, tem muita gente cadastrada! Ja' teve uma vez que coloquei um anuncio pela manhã e precisei desativar o anuncio horas depois, de tantas pessoas que entraram em contato. Claro que isso não é garantia nenhuma que você vai achar a baba' dos sonhos, mas pelo menos tem muita oferta e as chances de encontrar alguém com o perfil desejado é grande. No fim das contas, encontramos uma boa baba', que ja' esta' ha' quase 1 ano conosco.
Imagem copiada do blog Pause bien méritée
Mas ATENCAO: o site não é uma agência! Não ha' nenhuma verificação dos dados das pessoas, nem pré-seleção, nem nada. E' apenas um site de anuncios. Cabe a cada um verificar as referências das pessoas que oferecem seus serviços. Para as meninas que querem vir para a França trabalhar como jeune fille au pair, eu acho mais seguro passar por uma agência especializada (não saberia indicar nenhuma, sorry).

Uma maneira mais segura de encontrar babás é passar por uma agência. Nas agências as candidatas passam por uma pré-seleção, testes, são acompanhadas por uma pedagoga. Além disso as agências dão uma mãozinha em toda a parte burocratica de contratação que é bem complicada. Eu recomendo essa agência aqui. Para babás eu so' uso agência. Mas gosto muito do site Bébé-nounou para encontrar baby-sitters.

Para quem procura um trabalho como baba' ou baby-sitter e que não fala bem francês, aconselho fortemente a deixar isso claro no anuncio para não haver surpresas da parte de quem procura. Diga de que nacionalidade você é e quais linguas você fala. Pode ser que existam familias que procurem alguém que fale português ou então familias que não se importam muito se você fala bem ou não francês.

Outra forma de procurar trabalho de baby-sitter é colocar um anuncio na Aliança Francesa. Não sei como é hoje, mas quando estudei la' ha' 6 anos (na Aliança de Paris), tinha um mural com diversos tipos de anuncios, e entre eles, anuncios de familias procurando baby-sitters. Foi la' que arrumei um bico de baby-sitter de uma menininha de 3 anos durante alguns meses. Alias, foi uma otima maneira de aprimorar o meu francês, porque se você não fala com a pronuncia correta (ou proxima disso), a criança simplesmente não entende o que você fala. O mais engraçado era ver aquela pequena mal saída das fraldas corrigindo o meu francês!

PS: as babas aqui costumam ter contrato de trabalho (equivalente à carteira registrada no Brasil) com todos os seus direitos garantidos, mas para isso, é claro que é preciso permissão de trabalho francês.

3 comentários:

Mariana disse...

Há muitas pessoas que viajam desde diferentes países para ter uma experiencia na Franca como baby-sitter.
Na internet se pode anunciar um servico e depois a pessoa se postula para ser au pair, vai trabalhar e morar com a família das crianças que cuida.

Conceição Silva disse...

Tenho 52 anos, sou brasileira e viúva e gostaria de ter uma experiência na França como baby-sitter. Estou aprendendo o francês básico, e gostaria de morar com a família e aprimorar o francês. É possível esse trabalho na minha idade?

Conceição Silva disse...

Tenho 52 anos, sou brasileira e viúva e gostaria de ter uma experiência na França como baby-sitter. Estou aprendendo o francês básico, e gostaria de morar com a família e aprimorar o francês. É possível esse trabalho na minha idade?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...