sexta-feira, 15 de junho de 2012

Chupeta-joaninha

Atire a primeira pedra a mãe que nunca limpou a chupeta que caiu no chão na blusa ou no copo de suco. E aquela chupeta que cai no chão de madrugada enquanto você tenta fazer o bebê dormir? As 3h30 da manhã o caminho para a pia do banheiro parece ter quilômetros de distancia e de qualquer maneira o chão de casa esta' limpinho.

(e antes que me chamem de mãe desnaturada, esterelizei chupeta durante muuuuuitos meses antes de começar a fazer essas "limpezinhas" de emergência)

Cara amiga, seus problemas acabaram! A chupeta cai no chão e você pode coloca-la de volta na boca do bebê sem peso na consciência e sem que te denunciem por maus tratos. Apresento a vocês a chupeta-joaninha:


A chupeta-joaninha (ou libélula) "abre" para a criança colocar na boca e quando ela caiu no chão, ela "fecha" e então não suja o bico. A idéia é fantastica! Resolvi então testar a tal chupeta para ver se funcionava mesmo. Aqui vai o meu parecer:

Prós
- Logo que compramos, fizemos o teste varias vezes, deixando a chupeta cair no chão para ver se fechava mesmo. O Rafael adorou a brincadeira e se acabava de dar risada quando a chupeta fechava. Não fiz uma estatistica, mas eu chutaria que ela fecha 90% das vezes que cai no chão e quanto maior a distancia do chão, mais chance ela tem de fechar. Tem algumas vezes que eu desconfio que o bico encosta no chão antes de fechar. Mas não da' para ter certeza...
- O maior pró da chupeta não é nem o fato dela fechar ao cair no chão, até porque não é totalmente garantido segundo os nossos testes. Mas como ela fecha, é muito pratico para carrega-la na bolsa ou dentro do bolso, sem precisar enrolar num paninho.

Contras
- Reparei que depois de um tempo, começa a falhar e o sistema de fechar quando ela cai no chão. Ela continua fechando, mas não é tão eficaz quanto antes.
- Outro problema é que a chupeta deixa uma marca na bochecha. Mas não é nada demais, a marquinha desaparece em poucos minutos.
- Embora exista um modelo para bebês menores, a chupeta é ideal para maiores de 1 ano, que entendem como o sistema funciona e abrem sozinhos a chupeta para colocar na boca.

Conclusão
Para usar em casa e principalmente para dormir, prefiro a chupeta tradicional. Não deixa marcas e é mais facil dele achar a chupeta sozinho no berço no meio da noite, sem precisar abri-la.
Adotei definitivamente esse modelo para sair de casa. Deixo sempre uma limpinha e quando saimos com o Rafael levamos uma chupeta na bolsa. Largada mesmo. Sem paninho nem nada, apenas fechada.

Onde comprar
Não é muito facil achar esse modelo... pelo menos aqui em Paris. Eu so' consegui acha-la Sauvel Natal, aquela loja com preços imbativeis de carrinhos de bebê. A marca dessa chupeta é a dbB Remond. Existe o modelo de silicone que se chama sucette-libellule e o de borracha que se chama sucette-coccinelle.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...