segunda-feira, 11 de junho de 2012

Casamento com baby-sitter

No ultimo final de semana fomos no casamento de uma amiga brasileira. Foi um tipico casamento francês: cerimonia na prefeitura seguida de cocktail, jantar e festa num casarão no campo. Foi lindo!

Cocktail no jardim
E mais uma vez pudemos contar com a delicadeza dos noivos em contratar uma baby-sitter durante a festa para cuidar dos pequenos e pensar num menu especial para eles. Isso é bastante comum por aqui. Essa ja' foi a 3° festa de casamento que fui que tinha baby-sitter (pode ser uma ou mais, dependendo do numero de crianças) e com menu especial para os pequenos. Levamos o Rafael nas 3 festas e nesta ultima a Laurinha também foi.

Agora a pergunta: se é para deixar com baby-sitter, não é mais facil deixar a criança em casa com uma baby-sitter?

Até poderia ser, mas a idéia é justamente a criança poder curtir a festa, brincar com as outras crianças, dançar, fazer bagunça e passar um bom momento com os pais. E quando ela cansar, é so' ir para a salinha especialmente reservada para as crianças no local da festa, longe do barulho da festa, para descansar, desenhar, ler uma historia com a baby-sitter, fazer uma brincadeira mais tranquila ou dormir. Neste ultima festa tinham colchões para as crianças deitarem. Ao mesmo tempo os pais conseguem curtir a festa e estão tranquilos de saber que as crias estão por perto. E qualquer problema a baby-sitter chama os pais. Claro que ir sem criança da' para curtir mais, né? Mas também é gostoso vê-los participando dos eventos sociais em familia. Eu teria me sentido muito culpada se não levasse o Rafael.

No caso da Laurinha foi um pouco diferente. Inicialmente eu nem queria leva-la, porque ela ainda é muito pequena para esse tipo de festa e, com apenas 3 meses, ainda da' trabalho. Mas ela ainda mama 100% no peito e seria complicado deixa-la o dia inteiro com outra pessoa. E quem é mãe sabe como é complicado para quem amamenta o filho, de repente passar 1 dia inteiro sem amamentar.  Então durante a festa deixei ela com a baby-sitter e eu subia para amamenta-la. Bom para ela e melhor para mim, que pude curtir a festa numa boa, tranquila de saber que a minha bebê estava bem, com leite da mamãe e pertinho. E sem o peito explodir. :)

 O enfeite das mesas se transformou em enfeite de cabelo!

Brincando com as pedrinhas do jardim

Quando eu ia em casamentos no Brasil, ainda não tinhamos filhos e não reparava se o pessoal levava ou não os filhos. Acho que quando é pequeno assim, o pessoal nem leva, né? Talvez pelo horario da festa. Aqui as festas duram quase o dia inteiro e as crianças podem aproveitar. Nas festas que fui no Brasil em geral era aquele esquema de igreja no inicio da noite e a festa em seguida. Nesse caso não sei se as crianças pequenas aproveitam muito, porque as festas começam mais de 20h.

De qualquer maneira fica ai' a idéia para um casamento durante o dia ou que começa cedo: baby-sitter para os pequenos. Assim a familia inteira curte a festa sem stress.

Reforço então o coro da Mari: noivos e noivas do mundo, adotem essa idéia!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...